ACESSE

MIT questiona eficiência da 'cloroquina cubana'

Telegram

Um estudo feito por pesquisadores do MIT e de Harvard concluiu que a droga interferon pode ter efeitos indesejáveis nos pacientes com o novo coronavírus.

À semelhança do que faz Jair Bolsonaro com a cloroquina no Brasil, o interferon vem sendo propagandeado pelo ditador de Cuba, Miguel Díaz-Canel, como tratamento para a Covid-19.

Leia AQUI a reportagem da Crusoé.

Leia também: Por que a cloroquina desperta tantas paixões?

Comentários

  • CASSIANO -

    Péssima comparação! Atualizem-se sobre os resultados não só no Brasil, mas no mundo sobre o Hidroxicloroquina. Oposição esbarrando na má intenção jornalística. Cuidado.

  • Ronaldo -

    Eu , minha esposa e meu filho tivemos o convid e após começar a utilizar o Hidróxido de cloratina tivemos uma melhora que foi fundamental pra nossa recuperação! Triste ver uma publicação desta !! 👎🏻

  • André -

    Como um país miserável pode produzir uma medicina avançada!? Não pode. É só propaganda bolivariano-comunista.

Ler 13 comentários