ACESSE

Mohamed Morsi, ex-presidente do Egito, morre após passar mal em tribunal

Telegram

Mohamed Morsi, ex-presidente do Egito, morreu nesta segunda-feira, aos 67 anos, após passar mal durante sessão de um tribunal, informa a BBC, citando a TV estatal egípcia.

Ele teria desmaiado logo depois da sessão da qual participava como investigado em um processo no qual é acusado de espionagem. Em seguida, acabou falecendo.

Um dos principais líderes da Irmandade Muçulmana, Morsi foi derrubado pelos militares em 2013.

Em 2016, o ex-presidente foi condenado a 20 anos de prisão pela repressão violenta de manifestantes perto do palácio presidencial, no Cairo. Morsi também cumpria uma sentença de sete anos por falsificar o registro de sua candidatura para a disputa presidencial de 2012.

MENSAGENS DE MORO ROUBADAS E VAZADAS: SERVIÇOS SECRETOS ESTRANGEIROS ENVOLVIDOS? Leia aqui

Comentários

  • chacall -

    Precisamos levar o luladrão aos tribunais mais vezes. Quem sabe dá certo!

  • AméricoB -

    Causa mortis.. envenenamento, talvez? 🤔

  • emerson -

    Aí aí, como seria bom se derrepente né,lula subisse no telhado

Ler 13 comentários