Morre médico que tratou opositor de Putin

Morre médico que tratou opositor de Putin
Reprodução/Instagram

Sergey Maximishin, médico do Hospital de Emergências de Omsk, teve morte súbita ontem aos 55 anos. A informação foi divulgada pelo centro médico. Ele foi responsável pela equipe que tratou o líder opositor Alexey Navalny após envenenamento durante um voo em agosto de 2020.

“Com pesar, nós informamos que o médico-chefe adjunto de anestesiologia e ressuscitação no Hospital de Emergências, assistente no departamento da Universidade Médica Estadual de Omsk, PhD de ciências médicas Sergey Maksimishin Valentinovich faleceu subitamente”.

Segundo a CNN, como chefe-adjunto de anestesiologia e ressuscitação no Hospital de Emergências, ele era um dos profissionais mais experientes da instituição.

Navalny foi colocado em coma induzido e levado para a capital alemã, Berlim, onde passou cinco meses se recuperando do envenenamento. Ao retornar à Rússia em janeiro, foi detido no aeroporto. Esta semana foi condenado a dois anos e oito meses de prisão.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO