Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Morte de brasileira por Covid choca Austrália

Adriana Midori Takara, de 38 anos, morreu no último sábado dias depois de ser infectada com o coronavírus
Morte de brasileira por Covid choca Austrália
Reprodução: Daily Telegraph

A morte da brasileira Adriana Midori Takara, de 38 anos, comoveu a Austrália no último sábado. A estudante de contabilidade, que ainda não havia sido imunizada, foi internada com Covid em 17 de julho, em um hospital de Sidney, e não tinha problemas de saúde, mas piorou rapidamente.

O governo australiano está retomando medidas restritivas duras diante do avanço da variante Delta. O país tem 32.918 casos e 918 mortes desde o início da pandemia e enfrenta um grande atraso na vacinação. Apenas cerca de 16% da população foi totalmente imunizada.

Alguns australianos estão comparecendo a postos de saúde sem horário marcado para ver ser conseguem se vacinar ao fim do dia, com as doses remanescentes.

A Austrália enfrenta um forte movimento antivacina. No fim de semana, o país registrou uma série de protestos contra as medidas de isolamento e os imunizantes. Em Sidney, mais de 3.500 pessoas compareceram.

A policia criou um portal em que é possível fazer denuncias online com fotos dos protestos, em uma tentativa de identificar os manifestantes. Mais de 200 já foram localizados.

Ontem, o jornal Sydney Morning Herald lamentou a morte da estudante brasileira em uma reportagem entitulada Adriana não é um número”.

O Daily Telegraph estampou uma foto de Adriana em sua capa e escreveu: “Dias atrás Adriana Midoria Takara estava bem, sem problemas de saúde, mas o vírus a levou com uma velocidade assustadora.”

Assista a um vídeo de um dos protestos:

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO