Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Morte de soldados da Turquia na Síria aumenta tensão com a Rússia

As mortes de soldados turcos na província síria de Idlib, atacados pela Força Aérea de Bashar al-Assad, cujo regime é apoiado por Vladimir Putin, elevaram nesta quinta-feira, 27, a tensão entre a Turquia e os governos da Síria e da Rússia, registra a Crusoé.

Fontes do governo do presidente Recep Tayyip Erdogan atribuíram os ataques aéreos à própria Rússia.

Segundo o governo turco, pelo menos 22 militares foram mortos na ação desta quinta em Idlib, região que concentra o último front da guerra civil na Síria –iniciada há quase dez anos, em 2011.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, as baixas do Exército turco podem ter chegado a 33.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO