ACESSE

Mortos em Beirute já são 135; embaixada foi duramente atingida, diz Itamaraty

Telegram

Novo boletim do Ministério da Saúde do Líbano elevou para 135 o total de mortos na explosão ocorrida ontem na zona portuária de Beirute. Mais de 5.000 pessoas se feriram, e ainda há muitos desaparecidos.

O Itamaraty confirmou nesta quarta (5) que a Embaixada do Brasil na capital libanesa foi duramente atingida pelo impacto das duas explosões ontem na região portuária, mesmo estando a representação no centro da capital, a cerca de 13 minutos de carro (veja o mapa abaixo).

Como publicamos ontem, uma brasileira, a mulher de um adido de defesa da embaixada, sofreu ferimentos e foi internada, mas passa bem.

A Chancelaria brasileira informou ao Estadão que não houve dano estrutural ao imóvel. “As salas voltadas para o local da explosão foram mais afetadas, com janelas estilhaçadas, desabamento do forro do teto, mobília e computadores seriamente danificados. Por outro lado, salas e escritórios voltados para a cidade foram poupados. Os sistemas de comunicações, incluindo internet, eletricidade e água, funcionam normalmente. Garagem e veículos oficiais não foram afetados”, disse o Itamaraty.

Leia mais: Um governo doente. Clique para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários