ACESSE

Movimentos leais a Evo prometem defender "vitória" do presidente

Telegram

Com a contagem dos votos das eleições na Bolívia interrompida pelo Tribunal Superior Eleitoral, movimentos sociais leais ao governo de Evo Morales prometeram hoje defender o que seria uma vitória do presidente no primeiro turno. Eles convocaram uma manifestação para amanhã e falaram em bloquear estradas e “tomar ações para defender a democracia”.

“Eles ganharam cargos na máquina estatal e receberam verbas de fundos públicos ao longo de vários anos. Como devem lealdade ao governo, esses grupos costumam aparecer quando são requisitados em momentos de crise”, diz à Crusoé o cientista político boliviano Carlos Cordero.

“Eles cumprem o mesmo papel dos coletivos que andam armados de moto na Venezuela, dos grupos de choque em Cuba e dos paramilitares na Nicarágua”, afirma o cientista político e sociólogo boliviano Carlos Sanchez Berzain, diretor do Instituto Interamericano para a Democracia. “São grupos agressivos que já produziram vários atos sangrentos.”

Leia a reportagem de Duda Teixeira:

Movimentos sociais prometem defender a ‘vitória’ de Evo Morales na Bolívia

CENSURADA E HACKEADA. POR QUE ESTA JOVEM REVISTA INCOMODA TANTO? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • CARLOS -

    MST Bolivariano.

  • MAURO -

    É a CUT e o MST deles. Mas nada que Napalm não resolva. #ficaadica

  • Mauro.SP -

    alo turma de traidores do PSL, porque nao vao ajudar o evo la? vao la levar listinha fake pro cocaleiro, alias, falando nisso, o tal del valdir eh meio estranho...

Ler 30 comentários