Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Homem que agrediu Macron é condenado a 18 meses

Damien Tarel deve passar apenas quatro meses preso e cumprir o resto da pena em liberdade condicional
Homem que agrediu Macron é condenado a 18 meses
Reprodução

A Justiça da França condenou a 18 anos de prisão o homem que agrediu Emmanuel Macron na terça-feira (8), atendendo a um pedido do Ministério Público do país.

Ele deve ficar apenas quatro meses preso e cumprir o resto da pena em condicional.

Segundo um representante do MP, esse tapa foi absolutamente inadmissível e um “ato de violência deliberada”.

O agressor disse em audiência pública que atacou Macron porque o presidente representava tudo que estava podre na França. Ele ainda contou que, durante vários dias antes da visita de Macron à região de Drome, havia pensado em jogar um ovo ou uma torta nele.

“Eu acredito que o Macron representa muito bem a decadência do nosso país.” 

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO