Mulher acusada de tentar vender laptop de Nancy Pelosi para russos é presa

Mulher acusada de tentar vender laptop de Nancy Pelosi para russos é presa
Reprodução/The Hill

Uma mulher acusada pelo FBI de roubar um laptop da presidente da Câmara dos Deputados e tentar vendê-lo aos russos foi presa. A reportagem é do The Hill.

Riley June Williams foi presa nesta segunda-feira (18), na Pensilvânia. O FBI a acusa de ter furtado o laptop de Nancy Pelosi durante a invasão do Capitólio.

O FBI comunicou à Justiça no domingo (17) que uma testemunha que se identificou como “ex-parceiro romântico” de Williams disse que ela tinha a intenção de enviar o laptop a um amigo na Rússia, que por sua vez planejava vendê-lo ao SVR, serviço de inteligência russo.

Williams é uma das mais de 100 pessoas presas em conexão com a invasão do Capitólio.

Leia mais: Quem são os diretores da agência que darão o veredicto sobre as vacinas a serem aplicadas nos brasileiros
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO