Neymar é expulso e acusa rival de chamá-lo de "macaco"

Na derrota do Paris Saint-Germain para o Olympique de Marselha neste domingo, Neymar acusou o zagueiro espanhol Álvaro González de chamá-lo de “macaco”.

O atacante brasileiro foi expulso já no fim do jogo por dar um tapa na cabeça de González. Segundo Neymar, o espanhol proferiu ofensas racistas ao longo da partida.

Depois do jogo, o brasileiro escreveu no Twitter: “Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca”.

“VAR pegar a minha ‘agressão’ é mole. Agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de “MONO HIJO DE PUTA” (macaco filha da puta). Isso eu quero ver!”

 

Leia mais: Exclusivo: a máquina de lobby da Odebrecht teria sido usada, com a anuência de Toffoli, para ajudar na aprovação do nome dele para o Supremo
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO