Nos EUA, FDA dá autorização de emergência para remédio contra a Covid-19

Nos EUA, FDA dá autorização de emergência para remédio contra a Covid-19
Foto: Reprodução, Google Maps

A Food and Drug Administration (FDA, a “Anvisa dos EUA”) concedeu autorização de emergência para um tratamento contra a Covid-19 desenvolvido pelo laboratório Eli Lilly, informa o New York Times.

A decisão, anunciada nesta segunda-feira (9) pela agência, orienta a usar o remédio apenas em pessoas recém-infectadas com o vírus e alerta que ele não deve ser usado em pacientes hospitalizados.

A Eli Lilly disse que o bamlanivimab –nome do medicamento– deve ser administrado o mais rápido possível depois de um teste positivo e em até dez dias após o desenvolvimento dos sintomas de Covid-19.

O tratamento foi aprovado para pessoas com 12 anos ou mais, que tenham “testado positivo” e corram o risco de desenvolver uma forma grave de Covid-19 ou ser hospitalizadas devido à doença.

Isso inclui pessoas com mais de 65 anos e obesas, disse a FDA –um grupo-chave que, de acordo com os estudos, pode se beneficiar ao máximo com o tratamento.

Uma das pessoas a receberem o bamlanivimab nos EUA antes da aprovação da agência foi Chris Christie, ex-governador de Nova Jersey, que tem 58 anos e está no grupo dos obesos. Ele se recuperou da Covid-19.

Leia mais: Quem acredita em “vacina do Doria” ou “vacina do Bolsonaro” precisa abrir os olhos.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 11 comentários
TOPO