Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Nova York exige vacinação para assembleia da ONU com presença de Bolsonaro

Presidente brasileiro, que diz não ter se vacinado, deve discursar em 21 de setembro; diplomatas alegam que exigência não se aplica a chefes de Estado
Nova York exige vacinação para assembleia da ONU com presença de Bolsonaro
Foto: Reprodução, ONU

Delegações estrangeiras que participarão da Assembleia-Geral da ONU foram avisadas de que todos os participantes do encontro precisarão apresentar comprovante de imunização contra a Covid para entrar no edifício da entidade em Nova York, informa a Folha.

Jair Bolsonaro, que anunciou a intenção de comparecer presencialmente à assembleia, diz não ter se vacinado —está previsto que o presidente brasileiro faça o discurso de abertura do evento, em 21 de setembro.

Consultados pelo jornal, diplomatas brasileiros afirmaram, sob condição de anonimato, que a exigência não se aplicaria a chefes de Estado como Bolsonaro, que têm protocolo próprio para acessar o edifício da ONU.

Os países-membros da ONU receberam na terça (14) uma carta assinada por Abdulla Shahid, que exerce a presidência da atual sessão da Assembleia-Geral. Ele encaminhou aos delegados documentos que recebeu da prefeitura de Nova York.

Nesses documentos, as autoridades municipais dizem que a prova de vacinação deve ser exigida para eventos fechados, o que inclui a Assembleia-Geral da ONU.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO