ACESSE

Novos confrontos na Bolívia deixam um morto e quase 100 feridos

Telegram

Em mais uma noite de confrontos violentos na Bolívia, uma pessoa morreu e 95 ficaram feridas nas cidades de Cochabamba, Quillacollo e Vinto.

Em Cochabamba, um estudante de 20 anos morreu durante confronto entre partidários do presidente reeleito, Evo Morales, e opositores que contestam o resultado do pleito.

Em Vinto, a prefeita Arce Guzman, do Movimento ao Socialismo (MAS), partido governista, foi agredida por uma multidão. Ela teve o cabelo cortado, teve partes do corpo pintadas de rosa e só não se feriu mais gravemente porque foi resgatada por policiais.

O combate à corrupção pode não ser o único derrotado com decisão do STF. Os avanços econômicos serão ameaçados. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Edu_Brasil -

    A esquerda quer se perpetuar no poder na América Latina, mesmo que não seja a vontade do povo.

  • Luís -

    a memória é curta...a america latina deve voltar ao passado!!! só guerras civis...

  • wagner -

    Cortaram os cabelos e pintaram ela de vermelho, boa ideia pra fazer isto com político sujo.

Ler 7 comentários