ACESSE

"Nunca houve na América Latina nada à altura da catástrofe na Venezuela"

Telegram

Ricardo Hausmann, professor venezuelano em Harvard, disse à Exame que o Brasil tem obrigação moral de acabar com a tragédia em curso no país do tirano Nicolás Maduro.

“Os países intervêm nos assuntos uns dos outros porque existe uma obrigação moral. Quando se escrever a história deste período que estamos vivendo, os brasileiros não terão como dizer que não puderam fazer nada enquanto os venezuelanos morriam.”

Hausmann descreveu a situação na Venezuela:

“Nunca houve na América Latina nada que esteja à altura da catástrofe que está acontecendo atualmente na Venezuela. Estou falando de fome e de mortes de crianças por desnutrição. Para mim dói mais porque eu sabia que isso iria acontecer. Houve um colapso da produção agrícola e das importações de alimentos. Hoje não há proteínas nem calorias suficientes para alimentar a população. E o governo se nega a receber ajuda humanitária. Esse mesmo governo anulou o Poder Legislativo depois que a oposição ganhou dois terços da Assembleia Nacional e usa as Forças Armadas para reprimir as pessoas que pedem uma solução.”

Para o professor, a saída é o Poder Legislativo votar o impeachment de Maduro por violação da Constituição, como diz a Organização dos Estados Americanos, e pedir ajuda militar internacional.

Comentários

  • Laís -

    O que o povo brasileiro quer está totalmente dissociado do que o governo quer. Não culpem os brasileiros. Culpem o Foro de São Paulo, o câncer da América Latina.

  • A -

    Nem para denunciar e dar visibilidade para o assunto o Brasil se presta ! VERGONHA.

  • Martins -

    O Brasil tem a obrigação moral de prender o MENTIROSO LULA e acabar com o PT.

Ler 63 comentários