O alvo era concerto com 2.500 pessoas

O sírio que detonou uma bomba em Ansbach, na Alemanha, queria provocar uma carnificina.

Alguns minutos antes da explosão, ele tentou entrar num concerto ao ar livre com 2.500 pessoas, mas foi barrado porque não tinha ingresso.

O terrorista morreu, felizmente. Mas o atentado deixou 12 feridos, 3 deles graves.