O candidato reformista

Telegram

Depois de aprovar a reforma previdenciária, Mauricio Macri aprovou também a reforma tributária.

Agora só falta passar pelo Senado.

O governo quer reduzir a alíquota do imposto de renda das empresas de 35% para 25%,. Quer também eliminar a taxa sobre transações bancárias.

 

Comentários

  • Comedores -

    Antaidiot; te han fallado los tiempos, Lula Ladron no es candidato, es el ex-presidente de la Republica Brasileña, electo por mayoria de jumenntitos petralhas.

  • Brasil -

    Jair Bolsonaro comenta corte de impostos (reforma tributária) de Trump: - https://twitter.com/jairbolsonaro/status/943152184044204033 - “… subestimado a candidatura de Bolsonaro apoiam-se em uma série de pressupostos equivocados como, por exemplo, a idéia de que (1) a preocupação prioritária do eleitorado brasileiro é com a economia; (2) o eleitor brasileiro tende a escolher candidatos moderados; (3) as declarações de Bolsonaro incomodam o brasileiro médio tanto quanto incomodam o próprio establishment; (4) candidatos de centro e centro-esquerda são alternativas viáveis à candidatura Bolsonaro; e (5) Bolsonaro não será capaz de montar uma campanha organizada e eficiente.” - https://twitter.com/sensoinc/status/935913742935691265 https://twitter.com/sensoinc/status/926600807067332608

  • Thiago -

    A Argentina segue o caminho certo para enfrentar o resultado de tantos anos de Cristina no Poder, destruindo as contas e a economia. Maurício Macro teve coragem de enfrentar as esquerdas da Argentina, que promoveram tumultos contra a reforma da Previdência. Após concluir ás reformas, a Argentina estará nos trilhos certos para ser o país mais interessante para se investir na América do Sul. Enquanto no Brasil, o mais provável é que em 2019 haja uma forte elevação de IMPOSTOS, para sanear as contas públicas. Ou os políticos brasileiros fazem outra coisa que não seja aumentar impostos e burocratizar ainda mais a máquina pública?? Brasil- Um país sem futuro.

Ler 35 comentários