O novo blefe de Maduro

O ditador Nicolás Maduro propôs hoje a realização de eleições antecipadas para a Assembleia Nacional da Venezuela, registra o Estadão.

“Vamos adiantar as eleições para a Assembleia para saber quem tem mais votos. Eleições já”, desafiou Maduro, acrescentando: “Quem vai ganhar? O povo chavista, cristão e revolucionário”.

É mais um blefe cínico do ditador. Depois de esvaziar com sua “Assembleia Constituinte” as funções do Parlamento de maioria oposicionista, ele agora quer abreviar seu mandato –a eleição legislativa está marcada para o final de 2020.

Se Maduro conseguir antecipar o pleito, como sua própria declaração mostra, ele já sabe de antemão quem vai “ganhar”.

"Socialistas desastrosos são figurinhas enfadonhas de tão repetidas." CONFIRA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. FFátima Casagrande disse:

    Maduro, Lula, Kirchner e assemelhados, só têm uma razão de existir: roubar, saquear, destruir, desonrar. Deus, faz um favor pra humanidade, chame-os de volta. A América Latina conseguirá ser melhor.

Ler comentários
  1. Almir disse:

    Eleições para Presidente serão adiantadas também ?

  2. Antonio disse:

    O povo de lá que escolheu? Então deixem esse "lixão" que nem é mais um país queimar até virar cinzas, é até bom pois o colapso venezuelano ajudou a destruir a esquerda no continente. Caia fo

    1. Maduro já está no chão , só antas reproduzem o q o narcoditador diz. Será retirado do poder o usurpador. O tempo dele está esgotado

  3. ROGÉRIO disse:

    O vagabundo é ateu comunista e pede voto para o povo cristão. FDPu ta.

  4. Jack disse:

    Quem ainda aceita negociar com esse cara, é doido de pedra!

  5. Derso disse:

    Herodes morreu comido por vermes enquanto discursava.

  6. R.A.F disse:

    2020? Até lá já matou os "votos " contrários. Um milhão já está garantido pela Smartmatic.

    1. Lá como cá a Smartmatic funciona não como empresa de pesquisa, mas como empresa de decidir eleição.

  7. Analista disse:

    Bolsonaro também pretende esvaziar o poder do Congresso Nacional, assim como fez Maduro, e se tornar um ditador.