O novo coronavírus desvendado em novas imagens

O novo coronavírus desvendado em novas imagens
Foto: Lorenzo Casalino, Amaro Lab, U.C. San Diego

Novas imagens produzidas por pesquisadores em vários países ajudam a entender o novo coronavírus, relata o New York Times.

O jornal compilou diferentes pesquisas que misturam métodos de microscopia, tomografia e computação gráfica para visualizar o vírus da Covid-19.

Lorenzo Casalino, Amaro Lab, U.C. San Diego
A imagem acima foi produzida pelo pesquisador Lorenzo Casalino, da Universidade da Califórnia em San Diego. É um modelo átomo-por-átomo do novo coronavírus.

As imagens compiladas pelo jornal foram produzidas em centros de pesquisa como a Universidade Tsinghua, na China; no Instituto de Biofísica Max Planck, na Alemanha; e em Stanford e na Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, nos Estados Unidos.

Sai Li, Tsinghua University School of Life Sciences
Sai Li, Tsinghua University School of Life Sciences
Lorenzo Casalino, Amaro Lab, U.C. San Diego.
As reproduções visuais do SARS-CoV-2 (o nome oficial do vírus) têm sido essenciais para o desenvolvimento das vacinas. Os pesquisadores estudam a estrutura do vírus para garantir que os anticorpos gerados pelas vacinas grudem nele com firmeza.

Outros pesquisadores trabalham em moléculas que ataquem as ‘engrenagens’ do vírus.

Eliot Coffey e Richard Young, Whitehead Institute for Biomedical Research
Algumas perguntas ainda não estão respondidas. Ainda não se sabe por quanto tempo o novo coronavírus sobrevive nas gotículas liberadas quando alguém fala, exala ou tosse.

A Dra. Rommie Amaro, diretora de computação biomédica na Universidade da Califórnia em San Diego, espera que dentro de um ano a equipe chegue a um modelo completo do vírus.

Leia mais: Por que a escolha de Bolsonaro para o STF agrada a Renan, PT, PDT...
Mais notícias
TOPO