O "novo normal" não tem data para acabar

Reportagem de Duda Teixeira na Crusoé mostra que, sem vacina e com a maior parte da população mundial exposta aos riscos do novo coronavírus, a solução será estabelecer um “novo normal” e conviver com a Covid-19 por muito tempo.

“A máscara se tornará uma peça do nosso vestuário e poderemos ter até marcas de roupas produzindo seus modelos”, diz o infectologista José David Urbaez, da Sociedade Brasileira de Infectologia. “Nossos netos provavelmente vão se surpreender quando descobrirem que nós cumprimentávamos os outros com apertos de mão.”

Clique aqui para ler a reportagem completa.

Leia também: Bolsonaro sobre a PF: "Vou interferir. Ponto final"
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 14 comentários
TOPO