Mais um pesadelo assombra a França

O terrorista que matou ontem, em Montrouge, uma policial e feriu um funcionário da prefeitura parisiense foi identificado pela polícia. O seu nome não, contudo, não foi divulgado. Sabe-se que ele tem uma ligação com os irmãos Kouachi — frequentou, entre 2004 e 2005, o mesmo grupo jihadista, chamado “Grupo de Buttes-Chaumont”, em Paris.
O paradeiro do terrorista é desconhecido. Ou seja, há um psicopata fortemente armado à solta na França. É um pesadelo.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200