O passeio do terrorista

Anis Amri, autor do massacre do caminhão em Berlim, saiu da Alemanha depois do atentado, foi para a Holanda, onde pegou um ônibus até Lyon, na França.

Em Lyon, pegou um trem para Chambéry e, dali, seguiu para a Itália.

O homem mais procurado da Europa passeou por quatro países, antes de ser morto em Milão.

Faça o primeiro comentário