ACESSE

"O presidente Bolsonaro e eu estamos rompendo esse consenso infame"

Telegram

O chanceler Ernesto Araújo voltou a escrever em seu blog ‘Metapolítica’. Em artigo publicado ontem à noite, ele diz que “a esperança de uma nova Venezuela não existiria sem o novo Brasil”.

“A atuação do Brasil no Grupo de Lima em 4 de janeiro, a organização do encontro das forças de oposição em Brasília em 17 de janeiro, a denúncia do genocídio silencioso praticado por Maduro por meio da nota do Itamaraty igualmente de 17 de janeiro, o respaldo ao Tribunal Supremo de Justiça legítimo da Venezuela que avaliza constitucionalmente o processo, o reconhecimento de Guaidó como presidente encarregado em 23 de janeiro – todas essas iniciativas da nova política externa brasileira, que o presidente Bolsonaro me deu a honra de conduzir, foram decisivas para acender a esperança que vi brilhar nos olhos das pessoas de carne e osso, e que contagiou toda a região, que colocou a barbárie do regime madurista sob os olhos de todo o mundo.”

Juan Guaidó, presidente interino da Venezuela, concedeu uma entrevista exclusiva à Crusoé e fez revelações contundentes que só o jornalismo independente e sem rabo preso é capaz de publicar. Veja aqui!

Comentários

  • Lidia -

    Bendito Ernesto!! Continue assim meu caro!!

  • Fernando -

    So se forem os militares melancia e os diplomatas esquerdopatas!

  • Mariano -

    O Ministro está corretíssimo. Pena que o discurso não cristaliza. Bolsonaro pisa em ovos com Maduro, pisa em ovos na relação com os EUA, pisa em ovos na transferência da embaixada!

Ler 59 comentários