O terrorismo não vai acabar

Jihadistas tomaram o hotel Radisson.

Não em Paris, e sim em Bamako, capital do Mali.

Há 170 reféns. Mais inocentes vão morrer.

Faça o primeiro comentário