Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O voto dos mais pobres no candidato da direita no Chile

Desempenho de José Antonio Kast foi melhor em regiões pobres do país, diferentemente do candidato da extrema-esquerda Gabriel Boric
O voto dos mais pobres no candidato da direita no Chile
Reprodução: Redes Sociais

O candidato da extrema-direita José Antonio Kast (foto) venceu o primeiro turno das eleições de novembro no Chile com 28% dos votos. Seu desempenho foi melhor em regiões pobres como Tarapacá, Nuble e Araucanía.

Diferentemente de Kast, Gabriel Boric, de extrema-esquerda, foi mais bem votado nas áreas urbanas, como a região metropolitana de Santiago e a área de Valparaíso.

“As propostas de Boric são o que chamamos de pós-materiais, que não fazem muito sentido para os moradores da periferia”, diz o sociólogo Aldo Mascareño, do Centro de Estudos Públicos, do Chile.

“Eles votam com base em suas experiências locais, e o que eles querem é andar na rua sem risco de ser assaltado e viver em lugares que não estão dominados pelo narcotráfico.”

Leia aqui a íntegra. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....