Ocultação de patrimônio. Na França

Marine Le Pen, a líder da extrema-direita francesa, está sendo investigada pela Justiça por ocultação de patrimônio.

Ela é acusada de subestimar o valor dos imóveis dos quais é coproprietária, juntamente com a família. Uma das casas, de 3,5 milhões de euros, foi declarada ao Fisco pelo valor de 1,8 milhão de euros.

Marine Le Pen pode ser condenada a três anos de prisão, mais multa de 45 000 euros, além de tornar-se inelegível por dez anos.

Aqui no Brasil, ela atacaria a Justiça e a imprensa.

Faça o primeiro comentário