OEA promete mandar a Haia dados sobre abusos na Venezuela

Telegram

O uruguaio Luis Almagro, secretário-geral da OEA, prometeu enviar ao Tribunal Penal Internacional, em Haia, um novo relatório sobre a crise na Venezuela, denunciando abusos.

“Uma criança que nasce hoje na Venezuela tem uma expectativa de vida menor que uma criança síria em meio à guerra no país”, disse Almagro ao Estadão.

O diplomata pediu que governos estrangeiros se unam para aplicar sanções contra a ditadura de Nicolás Maduro.

“Fui acusado de beligerante quando primeiro falei da situação venezuelana e do governo corrupto e criminoso de Nicolás Maduro. O povo venezuelano está sofrendo diante do silêncio internacional. Hoje, é um Estado fracassado”, acrescentou.

Comentários

  • Paulo -

    E ainda hoje vemos um considerável elenco de idiotas a defender no Brasil esse sistema canalha que só beneficia os donos do poder. E que, além de tudo, inflama a cretinice de muitos propagando a mentira da Justiça Social.

  • luizs -

    Infelizmente o povo venezuelano não pode contar com os países vizinhos para a deposição de maduro. Ou são corruptos ou covardes ou os dois.

  • -

    A Amnesty International” — entidade humanitária que jamais fez nenhuma denúncia sobre os mais de 100 milhões de assassinatos cometidos pelas ditaduras socialistas no século XX — e o Papado (que no fundo são a mesma coisa), continuam apoiando Maduro...

Ler 9 comentários