Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

OMS pede que países reconheçam todas as vacinas aprovadas pelo órgão

Comitê de emergência da entidade diz que pandemia da Covid está 'longe de ter acabado', e seu enfrentamento requer 'resposta internacional coordenada'
OMS pede que países reconheçam todas as vacinas aprovadas pelo órgão
Foto: Pierre Virot/World Health Organization

Em nota divulgada nesta terça-feira (26), o comitê de de emergências da Organização Mundial da Saúde pediu aos países para reconhecerem todas as vacinas aprovadas pelo órgão e advertiu que a pandemia da Covid está “longe de ter acabado”.

De acordo com os dados compilados pelo site Worldometers, a Covid matou quase 5 milhões de pessoas em todo o mundo (4.976.540 na última atualização).

O comitê da OMS (na foto, a sede da organização em Genebra), que se encontra a cada três meses para fazer um balanço da situação da doença no mundo, reuniu-se na semana passada e divulgou uma declaração hoje.

No comunicado, a entidade reconhece progressos no combate à Covid graças à vacinação, mas afirma que a pandemia “continua prejudicando a saúde das populações de todo o mundo, apresenta um risco de propagação internacional e de perturbação do tráfego internacional e precisa de uma resposta internacional coordenada”.

Também solicita aos estados de todo o mundo que “reconheçam as vacinas que receberam a autorização de uso emergencial” da OMS. Até agora, a entidade aprovou duas vacinas de RNA mensageiro (Moderna e Pfizer/BioNTech), dois imunizantes chineses (Sinopharm e Sinovac), o da Johnson & Johnson e várias versões da AstraZeneca.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO