ONU já contabiliza 100 mil refugiados venezuelanos

Cerca de 100 mil venezuelanos que saíram do país pediram o status de refugiado desde o início de 2017, informou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

A ONU pediu aos países da região que se mostrem “solidários” com os venezuelanos, que fogem da catástrofe econômica –com hiperinflação e escassez de alimentos e remédios– da ditadura de Nicolás Maduro.

Segundo o serviço de migrações da Colômbia, já há cerca de 550 mil venezuelanos vivendo lega ou ilegalmente no território do país vizinho. O número pode chegar a um milhão até meados deste ano.

O Brasil, outro vizinho, já declarou estado de urgência social em Roraima para lidar com os 40 mil venezuelanos que chegaram à capital, Boa Vista.

Comentários

  • Brasil -

    Tenso. Culpa das diplomacias fracas da América Latina, tirando a Argentina e o Chile, e culpa do governo comunista.

  • Erigilson -

    Ao invés da ONU está fazendo essa censo, por que não age contra o ditador Maduro? Onde anda os "Responsáveis pelo Direitos Humanos " ? Não é a toa que critico-os. Em todo mundo serve apenas de cabide de emprego. Um embargo geral e o Maduro criaria jeito. Mas, a ONU tem medo

  • Luiz -

    Parte desta catástrofe é culpa do PT que apoiou e apóia o regime nefasto de Maduro. É exatamente esse tipo de governo que querem para o Brasil.

Ler 31 comentários