Os prejuízos milionários dos ‘coletes amarelos’ na França

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, afirmou que a destruição provocada na cidade no sábado pela selvageria dos “coletes amarelos”, entre edifícios e monumentos, custará até 4 milhões de euros para ser reparada  –o equivalente, pelo câmbio de hoje, a mais de R$ 17 milhões.

Enquanto isso, os manifestantes têm se recusado a negociar com o governo.

Um deles, Benjamin Cauchy, ouvido por “Le Monde”, voltou a exigir o cancelamento dos impostos sobre os combustíveis –até agora, rejeitado por Emmanuel Macron– e disse que os “coletes amarelos” não querem “ser marionetes do governo”.

Comentários

  • CARLOS -

    Tudo que vem da França não presta.

  • claudio -

    Pelo menos são um povo que não deixa barato e não aceita que o governo esquerdalha dite as regras. Ecologia é uma moeda furada! Que se dane os ambientalistas e o papa, com sua enciclica laudato si

  • Valdir -

    Senhora Prefeita de Paris, a destruição da França é responsabilidade do menininho globalista pau no cú do Macron!

Ler 54 comentários