Os próximos objetivos do Mercosul

No discurso para inaugurar a presidência do Brasil no Mercosul, Jair Bolsonaro disse que o objetivo agora é avançar acordos com Canadá, Singapura e Coreia e aproximar o bloco da Aliança do Pacífico, comandada pelo Chile.

Internamente, o presidente falou em incluir automóveis e açúcar na união aduaneira e acabar com “repetidas prorrogações dos regimes especiais”. “Ou as tarifas são comuns ou não são”, disse.

Além de celebrar o acordo com a União Europeia, Bolsonaro também repetiu que quer o Mercosul com “menos discurso e de mais ação; com menos ideologia e com mais resultados”.

Bolsonaro muda: quem ganha poder no Planalto? (e quem perde) Leia mais

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. AC2018 disse:

    TuNvIGZhbGEgYXNzaW0sIFByZXNpZGVudGUhISEgQXNzaW0gYSBwZXRlemFkYSBtYWdvb29vb29hLi4uLi4=

Ler comentários