Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Papa: "Estou vivo, embora alguns me quisessem morto"

O pontífice ironizou seu estado de saúde após passar por uma cirurgia, em julho, para corrigir uma inflamação na parede do intestino
Papa: “Estou vivo, embora alguns me quisessem morto”
Reprodução: Redes Sociais

O Papa Francisco ironizou nesta terça-feira (21) seu estado de saúde. O pontífice passou por uma cirurgia no intestino, em julho, por causa de uma diverticulite. Em uma reunião com um grupo de jesuítas da Eslováquia, o pontífice afirmou que está bem.

Ainda estou vivo, embora alguns me quisessem morto. Sei que houve, inclusive, reuniões entre prelados, que pensavam que o Papa estava em condição mais grave do que dizia. Preparavam o conclave. Paciência! Graças a Deus, estou bem.”

O Papa teve metade do cólon removido no procedimento, que foi anunciado no próprio dia da cirurgia. Ele afirmou que não queria operar.

“A operação foi uma decisão que eu não queria tomar: foi um enfermeiro que me convenceu. Às vezes, os enfermeiros compreendem a situação de maneira melhor que os médicos, porque estão em contato direto com os pacientes.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO