Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Parem de explorar a fragilidade humana", diz papa a empresas de tecnologia

O pontífice fez um apelo no Twitter a diversos setores e afirmou que é necessário dar "um rosto humano" aos "nossos modelos socioeconômicos"
“Parem de explorar a fragilidade humana”, diz papa a empresas de tecnologia
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

O papa Francisco (foto) fez um apelo no Twitter para que as empresas de tecnologia parem de explorar a fragilidade humana”. Segundo o pontífice, é necessário dar um rosto humano” aos “nossos modelos socioeconômicos”.

“Parem de explorar a fragilidade humana, as vulnerabilidades das pessoas, para obter lucros”escreveu.

O papa também citou outros setores. Ele sugeriu que grandes laboratórios quebrem patentes para que todos tenham acesso às vacinas, apelou aos setores de telecomunicações para que liberem conteúdos educacionais a crianças pobres, sobretudo na pandemia, e que empresas de alimentos “deixem de impor estruturas de monopólio de produção e distribuição que inflacionam os preços”.

“Aos grupos financeiros e aos organismos internacionais de crédito, que permitam aos países pobres garantir as necessidades de seu povo e perdoar aquelas dívidas que muitas vezes contraíram contra os interesses daqueles mesmos povos”, acrescentou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....