Parlamento europeu aprova Certificado Digital Covid

Documento funcionará como um passaporte para facilitar a livre circulação de cidadãos europeus que já estejam imunizados contra a Covid
Parlamento europeu aprova Certificado Digital Covid
Foto: European Union 2020

Com 546 votos a favor, 93 contra e 51 abstenções, o Parlamento Europeu aprovou o Certificado Digital Covid, uma espécie de passaporte para facilitar a livre circulação de cidadãos europeus que já estejam imunizados contra a Covid.

Após a sanção pelo Conselho da União Européia, o certificado deve entrar em vigor a partir de 1º de julho. Os portadores do documento não precisarão cumprir medidas sanitárias, como testes e quarentena.

São consideradas válidas para o certificado as vacinas aprovadas pela EMA (Agência Europeia de Medicamentos) (Pfizer/BioNTech, Moderna, AstraZeneca e Janssen) e que tenham o aval da  OMS, como a CoronaVac.

Caberá a cada estado-membro liberar a entrada de estrangeiros vacinados com esses imunizantes.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO