ACESSE

Peronistas originaram crise na Argentina

Telegram

Em sua coluna em O Globo, Miriam Leitão foi claríssima sobre a crise econômica na Argentina:

“O ajuste gradual de Mauricio Macri na Argentina não foi suficiente para reverter a crise montada no governo anterior. E são exatamente os peronistas, em especial o kirchnerismo, que mais ganham politicamente com o momento atual do país.”

A colunista de economia acrescenta:

“Na política, o governo que tenta consertar às vezes paga o preço dos erros de quem veio antes. Macri não fez o ajuste suficientemente rápido e forte (…). Ele agora é atingido politicamente. Ano que vem tem eleição na Argentina, e os peronistas terão o discurso de que Macri criou a crise.”

O Antagonista acha que Miriam foi condescendente com o presidente argentino, que ficou longe de ter feito o suficiente.

Mas, de fato, kirchneristas e petistas –que fingem que o desastre de Dilma Rousseff não teve nenhuma influência no desemprego atual no Brasil– são primos-irmãos.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 55 comentários