PFIZER ANUNCIA QUE VACINA CONTRA COVID-19 TEM 90% DE TAXA DE SUCESSO

A Pfizer anunciou hoje que os testes feitos até agora com a sua vacina contra a Covid-19, desenvolvida com o laboraratório alemão BioNTech, mostraram que, além de ser segura, ela alcançou uma taxa de imunização de 90% — ou seja, apresenta um nível de sucesso comparável ao da vacina contra o sarampo.

É a mais alta taxa de efetividade apresentada entre as vacinas em teste com voluntários. “É um momento histórico”, disse Kathrin Jansen, vice-presidente da Pfizer que chefia os estudos com a nova vacina.

Os resultados positivos poderão sofrer alterações no desenrolar dos testes, que serão analisados por uma equipe independente. Mas o horizonte nunca foi tão positivo. A vacina, em duas doses, é de um tipo jamais aprovado para uso em seres humanos: ela é constituída por material genético que estimula a produção de uma proteína que impede que o vírus entre nas células.

A Pfizer pretende pedir à FDA, a agência americana de controle de medicamentos, aprovação em caráter emergencial para a produção comercial da vacina. A ideia é fabricar doses o bastante para imunizar de 15 a 20 milhões de pessoas até o final do ano.

Com o anúncio, o índice futuro da Bolsa de Nova York já subiu 1.200 pontos hoje.

Leia mais: Vacina boa é a que funciona e ponto final.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 68 comentários
TOPO