ACESSE

Polícia da China prende mais de 300 no 1º dia da lei de segurança de Hong Kong

Telegram

A polícia da China prendeu 370 pessoas no primeiro dia de vigência da nova lei de segurança de Hong Kong, nesta quarta-feira (1º), registra o Estadão.

Entre os presos havia 10 acusados de crimes criados pela nova lei –que reprime a dissidência e as atividades políticas que desafiam o governo chinês– e uma menina de 15 anos que agitava uma bandeira simbolizando a autonomia do território.

Hoje, no aniversário de 23 anos do retorno do território ao controle chinês, geralmente marcado por grandes marchas pró-democracia-, pouco mais de mil manifestantes protestaram. Foram logo encurralados pela polícia, que dispersou o protesto com canhões de água e spray de pimenta.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Inacio -

    Cadê os desgraçados dos movimentos globais de direitos humanos.

  • Jose -

    Chines é folgado e nao cumpre contrato. Nenhuma surpresa.

  • Paulo -

    ESTAS AÇÕES SÃO OS SONHOS DOS DEMOCRATAS ORGANIZADOS AQUI NO BRASIL!

Ler 26 comentários