ACESSE

Premiê da Índia visita fronteira disputada e acirra tensão com a China

Telegram

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, visitou nesta sexta (3) a fronteira no norte do Himalaia onde soldados chineses e indianos travaram um confronto violento em meados do mês passado, informam as agências internacionais.

Modi viajou à região de Ladakh, onde 20 militares da Índia morreram depois do conflito com os soldados da China.

“A era do expansionismo acabou. Agora é a era do desenvolvimento. Nos últimos séculos, o expansionismo feriu muito o mundo”, disse o premiê, em referência à região montanhosa reivindicada por Pequim e a outras disputas territoriais em que os chineses estão envolvidos.

A China reivindica o território no norte do Himalaia como seu e acusa os indianos de “provocações deliberadas”. O porta-voz da Chancelaria chinesa, Zhao Lijian, afirmou que nenhum lado deve “tomar ações que possam complicar a situação na fronteira”.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários