Premiê da Nova Zelândia pede desculpas por 'momento Bolsonaro'

Premiê da Nova Zelândia pede desculpas por momento Bolsonaro

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, considerada uma das líderes mundiais mais eficientes no combate à Covid-19, pediu desculpas por uma foto em que ela aparece sem máscara junto a apoiadores aglomerados.

A imagem foi divulgada nas redes por alguns dos principais opositores da ministra, como o deputado David Seymour, autor do tuíte abaixo.

“As empresas de serviços e entretenimento não podem ganhar dinheiro no nível 2 [uma das classificações de reabertura no país] por causa das regras de funcionário único e do distanciamento social. Enquanto isso, a responsável pelas regras é egoísta e não respeita o distanciamento social”, escreveu Seymour.

“Eu deveria ter dado um passo à frente, deveria ter pedido a eles que se afastassem uns dos outros, e reconheço isso”, respondeu Jacinda, favorita nas eleições gerais marcadas para 17 de outubro.

O episódio comprova que todo cuidado com político é pouco –até governantes considerados razoáveis não resistem a “momentos Bolsonaro”.

Leia mais: Combo O Antagonista+ e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 51 comentários
TOPO