Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Premiê de Israel ameaça Unilever após anúncio do sorvete Ben & Jerry’s

Nas redes sociais, Naftali Bennett falou em tomar medidas contra a companhia, o que pode incluir medidas legais
Premiê de Israel ameaça Unilever após anúncio do sorvete Ben & Jerry’s
Foto: Reprodução/Twitter

O premiê de Israel, Naftali Bennett, reagiu à decisão da marca Ben & Jerry’s de suspender a venda de sorvetes na Cisjordânia, que é governada pela Autoridade Palestina, a AP, diz a Crusoé. 

Em um comunicado divulgado nesta terça-feira (19), a filial da Unilever afirmou que venda do produtos nos territórios palestinos ocupados “não é compatível” com seus valores.

Registra a revista:

“A suspensão da venda foi uma retaliação da marca aos seus licenciados que produzem esse sorvete em Israel. A americana Ben & Jerry’s ordenou que eles interrompessem todas as vendas em Israel e nos territórios palestinos. Como os licenciados se recusaram a fazer isso, eles foram proibidos de vender na Cisjordânia. Em uma declaração oficial, a marca anunciou que fará um acordo diferente com seus licenciados. O contrato vigente dura até o final do próximo ano.”

“Nas redes sociais, Bennett afirmou que vê a decisão como um passo contra Israel e seus cidadãos. Ele falou em consequências graves para a companhia, o que pode incluir medidas legais.”

Leia mais aqui. 

Mais notícias
TOPO