Presidente do Peru anuncia dissolução do Congresso

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, anunciou hoje que vai dissolver o Congresso do país e convocar novas eleições após sofrer nova derrota entre os parlamentares, registra o G1.

Em discurso na TV, Vizcarra acusou o Congresso de bloquear reformas anticorrupção. A oposição a seu governo é liderado pela Força Popular, o partido de Keiko Fujimori, presa sob acusação de envolvimento com o esquema de corrupção da Odebrecht.

A última vez que um presidente do Peru fechou o Congresso foi em 1992, quando Alberto Fujimori –o pai de Keiko– alegou obstrução a temas de segurança e economia.

Mais notícias
TOPO