Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Primeiro-ministro interino do Haiti diz que renunciará ao cargo

Claude Joseph assumiu o comando do país após o assassinato do presidente Jovenel Moïse, no último dia 7
Primeiro-ministro interino do Haiti diz que renunciará ao cargo
Foto: Reprodução/Twitter

O primeiro-ministro interino do Haiti, Claude Joseph, afirmou hoje que deixará o cargo. A declaração foi dada em entrevista ao jornal americano “The Washington Post”.

O ministro das Eleições do país, Mathias Pierre, confirmou a informação ao “The New York Times” e disse que Ariel Henry será o sucessor de Joseph.

O médico de 71 anos chegou a ser indicado por Jovenel Moïse no último dia 5, mas o presidente foi assassinado dois dias depois, o que impossibilitou que ele assumisse oficialmente o cargo. Desde a morte de Moïse, o país passou a ser comandado por Claude Joseph. 

Na semana passada, foi noticiado na imprensa internacional que o primeiro-ministro interino estaria sendo investigado como um dos possíveis mandantes do crime, mas as autoridades haitianas disseram que não há indícios do envolvimento de Joseph.

Até o momento, 18 ex-militares colombianos foram presos suspeitos de envolvimento no assassinato de Moïse. Outros três supostos mercenários colombianos foram mortos, enquanto cinco conseguiram escapar e seguem foragidos.

Mais notícias
TOPO