Primo de rainha Elizabeth é condenado a 10 meses de prisão por assédio

Primo de rainha Elizabeth é condenado a 10 meses de prisão por assédio
Foto: Reprodução, YouTube de The Sun

O primo da Rainha Elizabeth Simon Bowes-Lyon foi condenado a 10 meses de prisão por assédio.

Ele invadiu o quarto de uma mulher que estava hospedada em seu castelo e tentou estuprá-la, apalpando seus seios, prendendo-a contra a parede e a cama e tentando beijá-la à força.

Além de cumprir a pena de reclusão, Bowes-Lyon também terá o seu nome gravado no registro de ofensores sexuais do Reino Unido por dez anos. Uma avaliação psicológica feita durante o julgamento concluiu que há risco de que ele tente cometer mais crimes de natureza sexual.

No mês passado, durante o julgamento, ele admitiu que era culpado, e se disse “extremamente envergonhado” do que fez.

Bowes-Lyon é descendente da família real por parte do pai, que era sobrinho-neto de Elizabeth.

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO