Putin e Kim Jong-un reúnem-se na Rússia

Vladimir Putim e Kim Jong-un se encontraram hoje, em uma demonstração de que a Rússia continua tentando ganhar influência nas brechas deixadas pelos EUA.

Para analistas, porém, não deve haver grande resultado prático no encontro do líder russo com o ditador norte-coreano.

Leia a reportagem de Duda Teixeira em Crusoé:

O que pode sair do encontro entre Kim e Putin

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler comentários
  1. Bruno disse:

    O Kim só quer manter o país fechado dele lá sem ninguém perturbando.

  2. Raio disse:

    Óbvio que a rússia tem interesse no papel de antagonista ao poder dos EUA.

  3. Marcelo disse:

    Putin é mais um naquela multidão cuja de viver é contrariar, mesmo que não haja motivo para isso.

  4. ZEZECO disse:

    Os 2 ditadores comunas se juntaram para sacanear o Trump.Nao vao conseguir,pois a grana ta nos states e na judiazada mundial com sede em NY.

  5. Vinicius disse:

    Não assinaram acordo nenhum, a Russia não garantiu nada. Fracasso total.

  6. Zoksales disse:

    É um potencial comprador para o Sarmat.