Putin Guccifer 2.0

O relatório da Inteligência americana sobre como Vladimir Putin influenciou pessoalmente a eleição presidencial nos Estados Unidos afirma que a principal unidade de Inteligência russa, a G.R.U, criou na internet a “persona” Guccifer 2.0 e o site DCLeaks.com, para divulgar emails do Comitê Nacional do Partido Democrata e de John Podesta, chefe de campanha de Hillary Clinton.

A Inteligência americana apresentou o relatório a Donald Trump. O presidente eleito reconheceu a possibilidade que tenham ocorrido ações russas contra a candidata democrata, mas disse que elas não tiveram efeito sobre o resultado da eleição.

200