Rafael Correa é condenado a 8 anos de prisão por esquema de propina

Telegram

A Justiça do Equador condenou Rafael Correa, ex-presidente e queridinho da esquerda latino-americana, a oito anos de prisão por corrupção, informa a agência France Presse.

Correa e outras 17 pessoas foram considerados culpados por um esquema em que construtoras pagaram cerca de US$ 7 milhões (R$ 37 milhões) em propina para obter contratos com o governo equatoriano.

Segundo a Folha, a Odebrecht chegou a ser citada no processo, mas o Ministério Público do Equador decidiu não investigar a empreiteira.

O ex-presidente, que hoje vive na Bélgica, diz que o processo é “puro falso testemunho, sem provas”, e alega ser perseguido pelo atual presidente do Equador, seu ex-aliado Lenín Moreno.

Comentários

  • ruy -

    Mais um amigo de quem indo para traz das grades ? Respostas ociosa, mas vai lá: do LULA ...

  • Gil -

    Viu? Não são só o Lula e sua quadrilha.

  • MARIA -

    Parabéns Justiça do Equador. Que a Justiça Brasileira aprenda com vocês... O dinheiro do Brasil em contas de corruptos, nos paraísos fiscais, daria para testar todos brasileiros contra a COVID19!

Ler 29 comentários