Rafael Correa tem de se apresentar à Justiça, diz sucessor

O presidente do Equador, Lenín Moreno, disse que seu antecessor, Rafael Correa –que hoje vive na Bélgica–, tem de voltar ao seu país e se apresentar à Justiça.

Correa, amigão de Lula e outros presidentes latino-americanos de esquerda, teve prisão preventiva decretada na terra natal, sob a acusação de envolvimento no sequestro do ex-deputado Fernando Balda na Colômbia, em 2012.

O ex-presidente acusa Moreno –que foi seu vice e seu candidato à sucessão; depois os dois romperam– de estar por trás de uma “conspiração” para prendê-lo.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Validou a ideologia! disse:

    Validou que é um comunista autentico, foi pro bem bom, desfrutando com dinheiro roubado de um paiseco.

Ler comentários
  1. Martins Jr. disse:

    E vocês acham que ele vai se "entregar"? Deve ter roubado milhões de dólares, como todos os outros líderes bananeiros da "era Lula".

  2. LEITE DE ORNITORRINCO disse:

    Muito cuidado com o vice !

  3. Cansado de comunistas disse:

    A diferença daqui é que la tem justiça.

  4. Flávia disse:

    Se a justiça for golpista como a do Brasil, é melhor ficar por lá.

  5. Demis disse:

    Que equador que nada. O corrupto foi morar na Bélgica, muito bem ! É um autêntico esquerdista !

  6. cara de pau disse:

    por que será que esse tal Rafael resolveu se mudar para a Belgica depois de ser presidente do Equador por tanto tempo? Ele não gosta do Equador ? Voces não acham estranho? Tinha também outras opções como Cuba, Venezuela e Nicaragua onde ele poderia se sentir também com seus amigos.