ACESSE

Reeleição de presidente da Polônia favorece reformas antidemocráticas

Telegram

A reeleição de Andrzej Duda para a Presidência da Polônia —neste domingo (12), com 51,2% dos votos— enterra as esperanças da oposição de pôr freio às reformas antidemocráticas tocadas pelo Congresso, relata Duda Teixeira na Crusoé.

Para o cientista político Adam Traczyk, a manutenção de Duda no poder por mais cinco anos “indica que o governo seguirá com suas iniciativas para submeter o Judiciário e reprimir a imprensa independente, a qual muitas autoridades entendem como uma ameaça”.

Leia AQUI a íntegra da reportagem.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • JOSE -

    Parabéns aos poloneses, souberam votar. Chora esquerdalha.

  • José -

    Na foto, além do eleito, as ilustres presenças de vossas excelências 01, 02 e 03.

  • Marco -

    Parece até o Brasil de Bolsonaro

Ler 55 comentários