“Reforço drástico das medidas de segurança”

Nicolas Sarkozy disse a coisa certa:

“Temos de entender como tais ataques são possíveis e compreender suas conseqüências. Nossa política externa deve refletir o fato de que estamos em guerra. Nossa política de segurança interna também”.

Ele defendeu um “reforço drástico das medidas de segurança para proteger as vidas de nossos compatriotas”.

Faça o primeiro comentário