Reino Unido diz que apreensão de navio pelo Irã terá "sérias consequências"

O governo do Reino Unido se manifestou neste sábado sobre a apreensão de um navio petroleiro britânico pelo Irã, na última sexta-feira, no Estreito de Ormuz.

O episódio foi classificado pelos britânicos como um “ato hostil”.

O ministro de Relações Exteriores, Jeremy Hunt — que disputa com Boris Johnson a sucessão de Theresa May –, disse que entrou em contato com o governo iraniano e expressou o descontentamento do Reino Unido com a situação.

Exclusivo: 3 semanas antes de Toffoli travar investigações baseadas em dados do Coaf e da Receita, o Fisco pediu explicações a empresas que contrataram os serviços do escritório da mulher dele. LEIA AQUI

Segundo ele, pode haver “sérias consequências” se uma solução não for encontrada rapidamente. Hunt descartou, entretanto, uma resposta militar.

Comentários

  • Geraldo -

    O mundo inteiro tem medo do Irã.

  • Jon -

    Se descartou uma ação militar então não haverá consequência alguma. A Inglaterra não é mais a mesma...

  • willian -

    Aiiin tem que ter comércio com Irã país bonzinho! Aiiin não podemos perder exportações carne milho para o Irã coitados país bonzinho! Vtnocu pais lixo da desgraça!

Ler 14 comentários