Rumo ao século 20, mas não tão depressa

A polícia da Arábia Saudita multou uma mulher que ousou dirigir antes que a proibição de que mulheres conduzam no país seja oficialmente suspensa, no próximo ano.

É aquela história: a monarquia absolutista do país até ameaça chegar ao começo do século 20, mas devagar. Vai que o pessoal se acostuma e começa a querer democracia, essas coisas.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 19 comentários
    1. Com a palavra, as feminazis petistas.
      Claro que se calarão.
      E se bobear, ainda defendem, dizendo que “olha só, até na Arábia Saudita estão criando leis de proteção da mulher”…

    2. Arábia Saudita e Irã são duas faces da mesma moeda, mas um é apoiado pelos EUA, o outro é demonizado. Como se diz na “Murica”: FUCK THE LOGIC!

      Corrigindo: A Arábia Saudita é muito mais radical que o Irã, ela faz vistas grossas sobre os grupos terroristas, o Irã costuma não tolera-los. Vivemos num mundo invertido.

    3. “É aquela história: a monarquia absolutista do país até ameaça chegar ao começo do século 20, mas devagar. Vai que o pessoal se acostuma e começa a querer democracia, essas coisas.”
      Parece um certo maior país (só em tamanho) da América Latina.

    4. Estive em Riad duas vezes, em 2008 e 2011, e nunca vi um trânsito tão ordeiro e tranquilo. Me chamem do que for, mas agora os Sauditas vão amargar para sempre com essa decisão estúpida. Que prevaleça a tradição, por mais patriarcal que seja. Quem não gostou, dane-se.

    5. Parece o Temer! É ladrão sim, mas deixa o “ homi trabaiá”, pela “governabilidade”, pela “estabilidade” de continuar roubando! HAJA “DEMOCRACIA DE ARAQUE”!

      1. Certo era entregar para o Maia e depois o Eunício comandarem o país.
        Isso é o inteligente. Parabéns!

      2. É! Antes de ser enjaulado por excesso de provas, PODE comandar o país! Numa boa! A sociedade vai “intender”… CANALHAS!